segunda-feira, 19 de janeiro de 2009

A feira/mercado de Vidago

A feira/mercado de produtos da região realiza-se, em Vidago, há mais cem anos. Através de dados biográficos, soube que durante vários anos a feira/mercado realizava-se aos 3 e 19 de cada mês. Mas claro, a sua periodicidade foi variando ao longo dos tempos, sendo, actualmente, todas as quintas-feiras.
O primeiro local da feira/mercado teve lugar no largo do Olmo e estendia-se até à capela do Cabo. O nome do largo deve-se a existência de uma secular árvore.
Depois do largo do Olmo, a feira/mercado passa a ser na rua Alves Teixeira como poderão ver no bilhete postal abaixo:

Até à década de 70 do século XX, existiu também a feira de gado que se realizava no Toural. Esta feira era muito importante para os agricultores da região, porque aí era transaccionado o gado, principalmente cavalos e bois, que servia para a lavoura das médias e grandes propriedades agrícolas.

Estes 3 bilhetes-postais são da edição da casa de fazendas e mercearia de António Fraga-Vidago. Foram todos adquiridos ao meu amigo Toni de Braga.

5 comentários:

Anónimo disse...

Meu caro amigo, foi para mim um prazer ler e deliciar-me com estas imagens.
Apenas por curiosidade deixo-lhe esta informação; o recinto da feira de gado chamado “toural” foi doado à Câmara pelo Senhor João Oliveira, bisavô de minha mulher.

O Senhor João Oliveira foi o fundador (dono) do Hotel Avenida, mesmo em frente da estação dos comboios.

Uma vez mais, os meus agradecimentos, um abraço e muitas felicitações pelo seu trabalho.

Besnico di Roma disse...

Peço desculpa meu caro amigo, mas não sei como foi o meu comentário foi publicado como anónimo.

Vou tentar novamente.

Um abraço Besnico di Roma

Besnico di Roma disse...

Meu caro amigo, foi para mim um prazer ler e deliciar-me com estas imagens.
Apenas por curiosidade deixo-lhe esta informação; o recinto da feira de gado chamado “toural” foi doado à Câmara pelo Senhor João Oliveira, bisavô de minha mulher.

O Senhor João Oliveira foi o fundador (dono) do Hotel Avenida, mesmo em frente da estação dos comboios.

Uma vez mais, os meus agradecimentos, um abraço e muitas felicitações pelo seu trabalho.

PS

O Hotel Avenida foi vendido recentemente e temos a informação de que vai ser restaurado. Pena é que a casa contigua, nossa casa “Casa da Avó Velhinha”, vai ser demolida…

Anónimo disse...

Foram bons os tempoes, enquanto aquista, passados em Vidago, um dia hei-de voltar

Floripo Salvador disse...


Nunca é exagero evidenciar a importância do Blogue "MEU VIDAGO" do Dr. Júlio Silva. Este Homem, não sendo filho biológico de Vidago, vem desenvolvendo um trabalho de índole cultural inerente à história desta vila termal, a todos os títulos, louvável. Aqui deixo o apelo a quem, porventura, possa disponibilizar-lhe quaisquer documentos ou utensílios alusivos à história da terra para que o faça. No seu magnífico Blogue essa documentação ou utensílio terá o merecido protagonismo. Assim, todos poderemos desfrutar de um cada vez mais rico acervo cultural de Vidago.