domingo, 13 de março de 2016

Pensão e Hotel do Parque

Como já referi num post anterior, o hotel do Parque começou por ser uma pensão – Pensão do Parque. A sua abertura ter-se-ia dado por volta do ano de 1934/1935 e o seu primeiro dono foi o Sr. Francisco Dias, natural de Guimarães. Este senhor terá vindo para Vidago e antes de ser o dono da pensão, teria sido fiscal da "Empreza das Águas"

Por volta do ano de 1948, e depois de obras de remodelação, esta pensão passa a hotel de 1 estrela. Esta remodelação terá custado no total 439.264$00 escudos (+-2.200 euros), conforme o orçamento cuja a cópia tenho em meu poder. O prazo para a execução completa das obras a que se refere o projecto foi de 400 dias. Caso este prazo fosse excedido sem razão justificada, o empreiteiro pagaria 100 escudos (+-0,50 euros) por cada dia que excedesse o referido prazo.
Durante alguns anos e até 1987 a gestão do hotel ficou a cargo do Eng. Alberto dias e sua irmã Fernanda Dias, ambos herdeiros de Francisco Dias.

E tudo começou com esta pequena pensão...

(bilhete postal feito em Chaves na Foto Alves - não circulou)

Francisco Dias, com a sua visão empreendedora, decide transformar a sua pensão em hotel. 
Deus quer, o Homem sonha,  a obra nasce. (Fernando Pessoa)


(bilhete postal de edição desconhecida - 22/07/1955)




Sr. Francisco Dias faleceu em 6 de Julho de 1961 e está sepultado no cemitério de Vidago.

Agradeço ao meu amigo João Lisboa, neto de Francisco Dias, o envio da fotografia do seu avô. Um bem haja!

Um abraço e até breve...

Sem comentários: