domingo, 17 de novembro de 2019

Comboio descendente | Zeca Afonso

Comboio descendente

No comboio descendente
Vinha tudo à gargalhada.
Uns por verem rir os outros
E outros sem ser por nada
No comboio descendente
De Queluz à Cruz Quebrada...

No comboio descendente
Vinham todos à janela
Uns calados para os outros
E outros a dar-lhes trela
No comboio descendente
De Cruz Quebrada a Palmela...

No comboio descendente
Mas que grande reinação!
Uns dormindo, outros com sono,
E outros nem sim nem não
No comboio descendente
De Palmela a Portimão

Música: Zeca Afonso
Letra: Fernando Pessoa


(Estação de Vidago | comboio em direcção à Régua | 1976)

Clicar aqui para ouvir a música




Um abraço e até breve...

sexta-feira, 15 de novembro de 2019

Projecto de Pavilhão da Fonte de Vidago | Arquitecto Silva Júnior

António Rodrigues da Silva Júnior, nasceu em Paris em 29/04/1868. Tendo concluído o curso do Instituto Industrial e Comercial de Lisboa, em 04/07/1895, tomou posse como Condutor de Obras Públicas nos Serviços Fluviais e Marítimos, passando, depois, pela chefia da Secção de Obras da Alfândega de Lisboa. Em 1921 assumiu a direcção técnica da Comissão Administrativa das Obras da Casa da Moeda. Figura proeminente nas áreas da engenharia e arquitectura portuguesa, recebeu em 1914 uma menção honrosa do Prémio Valmor de Arquitectura. Ao longo da sua carreira produziu mais de duas centenas de projectos, de raiz ou de readaptação, entre os quais se salientam os dos estabelecimentos termais do Estoril e Vidago, das fábricas de cerveja Portugália e Estrela, da Praça de Touros do Campo Pequeno e dos edifícios da Casa da Moeda. Foi, também, o responsável pela remodelação do antigo Casino Majestic, em Lisboa, que gizou em 1917 e veria concretizado dois anos depois, passando, então, a designar-se por Clube Monumental. Fundador da Sociedade Teosófica Portuguesa, da qual foi presidente, e da Liga Portuguesa de Defesa dos Animais, ocupou, ainda, o lugar de secretário da Sociedade Protetora dos Animais de Lisboa.

(Alçados e planta de pavilhão e galeria de abrigo de Fonte de Vidago)

(Esboço de alçados e pormenores de pavilhão de Fonte de Vidago)


(Alçados e planta de pavilhão e galeria de abrigo de Fonte de Vidago)


Fonte: Imagens do arquivo da Câmara Municipal de Cascais



Numa próxima publicação passaremos pela Fonte nº 2.


Um abraço e até breve...

terça-feira, 12 de novembro de 2019

Carimbos Nominativos: CORREIO DE LOIVOS por VIDAGO


(raridade selo de dois réis e meio | 1889)

(carimbo batido a violeta)

Loivos, utilizou o Correio de Chaves nas primeiras e segundas reformas postais. Em 1889, surge mencionado como provido de Estação Postal, permutando malas com Vidago, das Direcções Postais Ambulantes do Douro e Norte.


Um abraço e até breve...

terça-feira, 15 de outubro de 2019

Álvaro de Campos | Poema

Saí do comboio,

Saí do comboio,
Disse adeus ao companheiro de viagem
Tínhamos estado dezoito horas juntos..
A conversa agradável
A fraternidade da viagem.
Tive pena de sair do comboio, de o deixar.
Amigo casual cujo nome nunca soube.
Meus olhos, senti-os, marejaram-se de lágrimas...
Toda despedida é uma morte...
Sim toda despedida é uma morte.
Nós no comboio a que chamamos a vida
Somos todos casuais uns para os outros,
E temos todos pena quando por fim desembarcamos.

Tudo que é humano me comove porque sou homem.
Tudo me comove porque tenho,
Não uma semelhança com ideias ou doutrinas,
Mas a vasta fraternidade com a humanidade verdadeira.

A criada que saiu com pena
A chorar de saudade
Da casa onde a não tratavam muito bem...
Tudo isso é no meu coração a morte e a tristeza do mundo.
Tudo isso vive, porque morre, dentro do meu coração.
E o meu coração é um pouco maior que o universo inteiro.

4-7-1934
Álvaro de Campos


(fotografia extraída de negativo de 35mm | estação de Vidago | 1977)




Um abraço e até breve...

segunda-feira, 7 de outubro de 2019

Vidago Palace Hotel | Foto Alvão

De volta ao nosso ex-libris, o Vidago Palace Hotel (agora Vidago Palace), com duas fotografias da antiga Foto Alvão (Porto).




Recordando a antiga piscina





Um abraço e até breve...

quarta-feira, 18 de setembro de 2019

Revista Occidente | Vidago 1885

Na edição de 1 de Agosto de 1885 da revista ilustrada de Portugal e do estrangeiro "Occidente", foi publicada uma cópia de uma fotografia da D. Margarida Relvas, filha do notável fotógrafo amador Sr. Carlos Relvas.

(Legenda: Uma paisagem de Vidago (segundo uma fotografia da Exma. Sra. D. Margarida Relvas) 


(Texto integrante da revista - pág. 171)

Em baixo, é possível ver a fotografia da Exma. Sra. D. Margarida Relvas. A mesma foi publicada na revista nº 1 "A Arte Photographica", Janeiro de 1884. 

A "Arte Photographica" tornou-se o primeiro periódico de fotografia, na Península Ibérica, a publicar artigos sobre a técnica e estética fotográficas, aspectos que dividiam as correntes academista e naturalista. 

Durante a sua curta existência foram publicados 23 números de 32 páginas. De cada número eram publicadas duas edições - uma com fotografias reproduzidas e a outra, mais restrita, com os originais colados nas páginas.


(fotografia da D. Margarida Relvas | 1884)





Dado que já passaram 135 anos, é difícil identificar o local. O importante é sabermos que, já no século XIX, Vidago era procurado por fotografos, e que nos deixaram estas memórias!



Um abraço e até breve...

quinta-feira, 5 de setembro de 2019

Abastecimento de água | Diário de Lisboa

Durante várias décadas, um dos maiores problemas da época termal era, sem dúvida, o abastecimento da água. Para confirmar esse problema, o jornal Diário de Lisboa, na sua edição de 25 de Julho de 1949, publica uma notícia sobre a queixa da população de Vidago.

Este problema, depois vários de anos, ficou resolvido para o bem de todos os residentes, assim como, para aqueles que nos visitam durante o verão. 

(Diário de Lisboa | 25 de Julho de 1949)




Um abraço e até breve...

terça-feira, 3 de setembro de 2019

Salus Vidago - Farmácia e Drogaria Peninsular

Durante alguns anos, do século passado, funcionou em Lisboa na Rua Augusta, nº 39, a Farmácia e Drogaria Peninsular. Aqui eram comercializadas as Águas e os sabonetes Salus, sendo o único local em Lisboa onde se podia adquirir estes produtos.


(Farmácia e Drogaria Peninsular à direita)


(Anúncio publicitário da Farmácia e Drogaria Peninsular | Lisboa)


Fotografia da Rua Augusta cedida pelo leitor Vincent Martins, de Braga.



Um abraço e até breve...

quinta-feira, 22 de agosto de 2019

Fonte Campilho | Fotografia inédita

De volta à Fonte Campilho...



(Fotografia de Foto Alves - Chaves | sem data)




Um abraço e até breve...

quarta-feira, 17 de julho de 2019

Vidago na CARTOGAYA 2019

Cartogaya 2019 - Exposição de Postais Ilustrados 19 a 31 de Julho



O Clube de Coleccionadores de Gaia e o blog "Meu Vidago" de Júlio Silva têm o prazer de convidá-la(o) para a inauguração da Exposição de Postais Ilustrados “Cartogaya 2019”, dia 19 de Julho, às 17h00, na Biblioteca Pública Municipal de Gaia, Rua de Angola (Estação do Metro João de Deus, junto ao “El Corte Inglês”). 
A inauguração contará com a presença dos CTT (com marca do dia, selo personalizado e postal máximo).


A exposição, com entrada livre, ficará patente até dia 31 de Julho de 2019, no seguinte horário:
  • Inauguração 19 de Julho: 17h00 (com a presença dos CTT)
  • Segunda a Sexta: 10h00 às 19h00
  • Sábado: 10h00 às 12h30

Esta exposição de cartofilia é organizada pelo Clube de Coleccionadores de Gaia, conta com os apoios do Município de Vila Nova de Gaia, Biblioteca Municipal de Gaia e CTT-Correios de Portugal, S.A.. A vila termal de Vidago estará presente com uma exposição de 180 bilhetes postais.

Agradeço a todos os elementos da Direcção do Clube de Coleccionadores de Gaia, por mais uma vez, ter a oportunidade de mostrar Vidago de outras épocas.


A não perder...