sábado, 9 de junho de 2018

Dia Internacional dos Arquivos - Blog "Meu Vidago"

O Dia Internacional dos Arquivos foi instituído pela Assembleia Geral do CIA – Conselho Internacional de Arquivos, realizada no Québec, em Novembro de 2007. Foi escolhida esta data, por ter sido precisamente a 9 de Junho de 1948, que a UNESCO criou o CIA – Conselho Internacional de Arquivos.

O objectivo da criação de um Dia Internacional de Arquivos é proporcionar condições para que se desenvolvam acções de promoção e divulgação da causa dos arquivos em todo o mundo.

O Blog “Meu Vidago” junte-se à esta celebração do Dia Internacional dos Arquivos de 2018, uma vez que o principal objectivo deste blog é de divulgar documentos, que mais tarde serão parte de um arquivo sobre a vila e termas de Vidago.

(primeiro bilhete postal da minha colecção, adquirido em 1991)


É com estas e outras imagens que este blog vai fazendo o arquivo de Vidago para as futuras gerações que nela poderão reencontrar o passado desta vila entranhada nas serras transmontanas.

Um abraço e até breve...

quarta-feira, 6 de junho de 2018

Praia de Vidago

Para esquecer esta chuvinha de Junho e as baixas temperaturas, vamos até ao rio Tâmega, à antiga praia fluvial de Vidago, recordar outras tardes.



Um abraço e até breve...

terça-feira, 24 de abril de 2018

Revista Illustração Portugueza nº 276 de 1911 - Vidago

Em Maio de 1911, a então aldeia de Vidago recebia um grupo de congressistas do norte, vindo de Vila Real, ficariam hospedados no Vidago Palace Hotel.


(Legenda: 1-grupo de congressistas na escadaria do Vidago Palace, 2-os congressistas no parque de Vidago, 3-na fonte das águas thermaes de Vidago, 4-no parque de Vidago) 





(Legenda: 1-o lago do parque, 2-na nova fonte das águas de Sabroso, 3-a visita às instalações, 4-o dr. Azevedo, médico da Companhia de Vidago, Raul Lino e Emygdio da Silva que dirigiu as excursões do norte, 5-junto ao lago-clichés de Benoliel)


Transcrição do texto: Em Vidago a empreza das aguas offereceu um jantar aos congressistas no magnifico hotel sendo no dia seguinte visitados os lindos jardins e as fontes, indo vêr tambem as nascentes de Sabroso que os deixaram surprehendidos. Retiraram no dia 25 depois de grandes manifestações.


Um abraço e até breve...

quinta-feira, 19 de abril de 2018

Espólio Fotográfico Português - Vidago

No seguimento do meu post com as fotografias de Vidago disponíveis no CFP - Centro Português de Fotografia, hoje é a vez de publicar três fotografias do arquivo do EFP - Espólio Fotográfico Português. Ambas as fotos fazem parte do espólio  da "Foto Beleza", fundada por António Beleza em 1907, na Rua de Santa Teresa, Porto.

A Fotografia Beleza deixou um conjunto de várias centenas de milhares documentos fotográficos - um dos maiores espólios que, até ao momento, se conhecem em Portugal, nos quais se incluem mais de 10 000 fotografias em chapas de vidro, de paisagens, nomeadamente paisagem urbana. As restantes espécies são retratos de pessoas do Norte, com relevância para o Porto e arredores.

(Avenida Teixeira de Sousa - ao fundo o Vidago Palace Hotel)

(Avenida Teixeira de Sousa - ao fundo o Vidago Palace Hotel)

(Entrada de Vidago pelo lado Sul - à esqª o Vidago Palace Hotel)



Um abraço e até breve...

domingo, 15 de abril de 2018

VM&PS - Antigo anúncio

E qual era a bebida ideal para os climas tropicais?



(Anúncio publicado na antiga revista Portugal Colonial)





Um abraço e até breve...

quarta-feira, 11 de abril de 2018

Vidago Palace - Série

Foi hoje anunciado, em Cannes, no MIPTV - The Global TV and Digital Content Market, que a série VIDAGO PALACE, vai ser distribuída internacionalmente pela francesa BANIJAY Rights, uma das maiores distribuidoras.

Por isso, parabéns às empresas Portocabo e HOP por mais esta conquista.

Para terminar, nada melhor que duas imagens deste VIDAGO PALACE de outros tempos...




(1913)



Um abraço e até breve...

quarta-feira, 28 de março de 2018

Benemérito Bonifácio Teixeira - Entrevista

Bonifácio Alves Teixeira, completaria no próximo dia 29 de Março de 2018, 169 anos de idade. Aquele grande Benemérito Vidaguense merece que não o esqueçamos. 

A Casa de Cultura de Vidago aceitou, de imediato, o desafio que o sócio e amigo Sr. Floripo Salvador apresentou e que foi o de simular uma entrevista ao Benemérito Bonifácio Teixeira. 

Quero realçar que todos os textos foram escritos pelo nosso amigo. Tentou-se, na elaboração do questionário e, também, nas correspondentes respostas obtidas que se fizesse a maior, mais fidedigna e mais pormenorizada alusão possível a aspectos e comportamentos da sua existência na Terra. Desde a partida para o Brasil, em 1862, do menino de 13 anos, fisicamente franzino, pobre e simples, até ao regresso ao torrão natal em 1885 do homem abastado, solteiro, relativamente culto e imbuído de enorme espírito altruísta.
O ano da “entrevista”, pretensamente efectuada em 1907, não foi escolhido por acaso. É que foi por essa altura que Bonifácio Alves Teixeira se sentiu vergado a incurável doença que muito o atormentava. Esta circunstancial situação leva-o a ponderar a premeditada partida deste Mundo. Invade-o a vontade de cumprir o anseio de poder ser útil à sua terra natal e participar na solidariedade dos menos protegidos pela sorte. É, então, que começa, também, a ponderar a efectivação de um testamento que dê cumprimento formal ao seu desejo de ser homem útil e sensível à sociedade, mais desfavorecida, que o rodeia.

Três anos depois (25 de Julho de 1910 e pelas 5 horas da manhã) Bonifácio Alves Teixeira, de 61 anos de idade, precipita a sua partida. No piso inferior da sua casa (que, mais tarde, viria a ser a tal escola para meninas) um tiro de pistola põe termo à vida de um Homem singular!

Curiosamente, parte uns meses depois de o comboio ter chegado a Vidago e três meses antes da inauguração do ícone hoteleiro da região – o Vidago Palace Hotel! Um ano marcante para a história desta Vila. Sem dúvida!
Incumprida que foi a sua vontade (considerada excêntrica e ilegal para a época) em ser, artesanalmente, cremado, Bonifácio Alves Teixeira, jaz em campa e cantinho discretos no cemitério da terra que tanto amou!

Agradeço à Sinal TV, ao Sr. Rui Branco, Presidente da União de Freguesias de Vidago, Arcossó, Selhariz e Vilarinho das Paranheiras, ao Teatro Experimental Flaviense, à Dra. Helena Fraga Carneiro (sobrinha-bisneta de Bonifácio Teixeira) pelo notável trabalho de investigação e consequente recolha de preciosíssimos elementos que efectuou a propósito da ascendência do nosso Benemérito e descendência de Maria Joaquina (sua irmã). Agradeço, ainda, à D. Emília Silvestre e à D. Fernanda Salvador.

Fazendo votos que seja do agrado de todos, aqui partilho o resultado final enaltecendo o excelente profissionalismo e simpatia de todos os colaboradores da Sinal TV.




OBS:
Este texto, assim como o vídeo da entrevista a Bonifácio Alves Teixeira, serão também passíveis de ser visualizados nas páginas do Facebook, da Casa de Cultura de Vidago, Amigos de Vidago e, ainda, no site da SINAL TV.

Este blog orgulha-se e agradece, novamente, de ter sido consultado para este projecto e onde quer que esteja o nosso Benemérito Bonifácio Teixeira, um enorme obrigado.


Um abraço e até breve...

domingo, 25 de março de 2018

Centro Português de Fotografia - Vidago 3/3

Terceiro e último post sobre algumas das fotografias de Vidago que fazem parte da "Colecção Nacional de Fotografia", disponível no CFP - Centro Português de Fotografia.










Um abraço e até breve...

sexta-feira, 23 de março de 2018

Centro Português de Fotografia - Vidago 2/3

Publico, hoje, o segundo post sobre algumas das fotografias de Vidago que fazem parte da "Colecção Nacional de Fotografia", disponível no CFP - Centro Português de Fotografia.












Um abraço e até breve..

quarta-feira, 21 de março de 2018

Centro Português de Fotografia - Vidago 1/3

Este será um de três post sobre algumas das fotografias de Vidago que fazem parte da "Colecção Nacional de Fotografia", disponível no CFP - Centro Português de Fotografia. 

A "Colecção Nacional de Fotografia", permite compreender os diferentes processos fotográficos e movimentos surgidos ao longo do tempo, sendo constituída por 8621 documentos fotográficos devidamente inventariados e catalogados. A colecção acaba por contar uma história e constituir uma história.
Através dela, conseguimos compreender o surgimento, a evolução e obter um quadro completo da própria história mundial da fotografia. 










Um abraço e até breve...