sexta-feira, 5 de janeiro de 2018

Noite de Reis em Vidago

Esta noite celebra-se a "Noite de Reis", e recuando para a década de 70 do século passado, existia em Vidago, um grupo de amigos que, anualmente, se juntavam para cumprirem a tradição de cantar os Reis.

Graças ao sr. Fernando Cadete pela cedência de uma fotografia, ficará para a história da vila de Vidago um registo desta tradição, que actualmente é celebrada por elementos da Casa de Cultura de Vidago. 

Agradeço, também, ao amigo Rui Queirós pela ajuda na identificação correcta dos nomes do grupo e pelo envio de uma das cantigas, escrita e cantada, por este grupo.


                          Reis

                             I
Começando por pedir muita desculpa
Se no conjunto não estamos afinar
Nós caminhantes da noite e bons amigos
À vossa porta estamos para vos saudar

                             II
Mesmo em noite tão fria nada temendo
Com ar agreste e geada pelo chão
Trazemos a todos vós os nossos votos
De feliz ano e paz no coração

                         “Coro”

Festas alegres p´ra todos
E ano próspero também
São os votos deste grupo 
Que este ano aqui vem
Cantar os Reis a vocês
E pedir-vos de beber 
A bela pinga do tinto
E algo para se comer

                              III
Que a saúde vos não falte é o desejo
Que nós aqui a vós vimos formular
Que alegria esteja em vós sempre presente
Que seja um ninho de amor o vosso lar

                                IV
Que o bom Jesus vos conceda muitas graças
Em cada dia da vida que passais
Que o futuro seja sempre em cada dia
De luz e calor humano de Natais

                             “Coro”




Da esquerda para a direita: Mário Teixeira (falecido), Eugénia Magalhães Gonçalves (falecida), Vitor Salvador (falecido), Fátima Roxo, João Aguiar, Helena Queirós, Jorge Roxo, Tó Quim, José Salvador, Fernando Cadete, Rui Queirós e Helder Aguiar.



Recordo, que nesta noite, a pedido do falecido Dr. José Manuel Abreu, este grupo era convidado todos os anos, não só, para cantar os Reis, mas também para cantar os parabéns ao Rui Abreu, filho do Dr. Abreu.






A todos uma boa noite de Reis e manda a tradição comer  romã no dia 6 de Janeiro, porque quem o fará terá abundância todo o ano.


Um abraço e até breve...

sábado, 30 de dezembro de 2017

Adeus 2017!

O blog "Meu Vidago" deseja-vos um bom ano novo e que 2018 nos traga a capacidade de respirarmos um bocadinho melhor depois de um ano intenso.


Este blog espera vir em 2018 com energia suficiente para continuar a divulgar imagens de outros tempos da vila de Vidago.

Um abraço e rumo ao 10º aniversário!

quinta-feira, 21 de dezembro de 2017

Uma estação, dois comboios

Enquanto aguardamos pelo Natal, entramos numa nova estação.



(Fotografia de Mick Pope)


Um abraço e até breve...

domingo, 10 de dezembro de 2017

Boas Festas e Feliz Natal

Que a paz e a harmonia festejadas no Natal estejam presentes em todos os dias do seu ano novo. Boas Festas e Feliz Natal.



terça-feira, 21 de novembro de 2017

Águas de Vidago na Exposição Universal Internacional de Paris de 1889

A "Empreza das Águas de Vidago" participou, em 1889, na Exposição Universal Internacional de Paris, onde conquistou a única medalha para Portugal.


(Cartaz Oficial da Exposição)



(Capa do Catálogo Oficial da Exposição)



(Página onde constam as empresas portuguesas a concurso)


(bilhete de entrada)



Esta exposição decorreu entre 5 de Maio e 31 de Outubro de 1889, estiveram presentes 61 722 expositores e contou com 32 250 297 visitantes.


Um abraço e até breve...

quarta-feira, 1 de novembro de 2017

Vamos aos Santos!

Hoje, dia 1 de Novembro, é dia de ir a Chaves à feira dos Santos. Apanhamos o comboio na estação e vamos todos contentes com a esperança de trazer de volta um par de botas e umas meias de lã para os dias de inverno que hão-de chegar. E se o dinheiro chegar, havemos de comer um pratinho de polvo antes de voltarmos ao Vidago!



Um abraço e até breve...

segunda-feira, 30 de outubro de 2017

Casa do Povo - Parabéns

Hoje, a Casa do Povo está de parabéns porque faz 52 anos que foi inaugurado o edifício da Casa do Povo que todos conhecemos!

A Casa do Povo, foi fundada em Dezembro de 1934, cujo principal impulsionador foi o padre Ângelo Raimundo Perez.  Aqui foram desempenhadas principalmente funções de assistência médica diária, tendo essas funções sido confiadas por parte da Segurança Social. 

Durante o ano de 1972, a Casa do Povo alarga a sua área de acção para mais freguesias, nomeadamente: Arcossó, Anelhe, Loivos, Selhariz, Valoura, Vilela do Tâmega, Vilarinho das Paranheiras, Moreiras, Póvoa de Agrações, Vilas Boas, Nogueira da Montanha, Santa Leocádia e Capeludos de Aguiar.

Não esquecer que durante vários anos foi aqui que muitos idosos de diversas freguesias dos concelhos de Chaves, Ribeira de Pena, Vila Pouca de Aguiar, Boticas e de Montalegre levantavam  as suas pensões.

(imagem do livro "Vidago, sua história, origem e formação" de João O. Cruz - 1970)



Esta instituição organizou diversas actividades culturais, desportivas e recreativas, como o Rancho Folclórico da Casa do Povo, a Banda Musical "Os Orfeus", a equipa de futebol da FNAT, ect...


(Rancho Folclórico da Casa do Povo de Vidago)



(Os Orfeus)



Para acabar este pequeno post, não podemos esquecer alguns nomes que deram vida à esta instituição, sendo eles Francisco António Carneiro, Alpoim Rodrigues, Augusto Rodrigues, padre Adolfo Magalhães, António Augusto Salvador, Afonso Carvalho Seixas, Sebastião Ferreira Pinto, Armindo Gomes Roxo, António Teixeira Rodrigues, Fernando Paço dos Santos, António José Dias Álvares, Silvino Teixeira Rodrigues, Horácio Ferreira, Manuel Gualberto Fonseca de Carvalho, José Teixeira Chaves, Álvaro António Correia, José Pedro e Amável Bahia.  

PS. Os meus agradecimentos ao vidaguense João Fernandes pela lembrança desta data comemorativa


Um abraço e até breve...

domingo, 29 de outubro de 2017

Vidago na cidade do Porto

Para quem não sabia, na cidade do Porto existe uma pequena rua com o nome de "Rua de Vidago". Fica situada na zona oriental da cidade, Freguesia de Campanhã.

Esta rua faz parte do Bairro do Cerco do Porto, cuja inauguração se deu no ano de 1963, sendo que à data era composto por 804 fogos. Uma ampliação efectuada no ano de 1991 aumentou dos então 804 fogos para 888 fogos. Trata-se de um dos maiores bairros de habitação social do Porto ultrapassado somente pelo bairro das Campinas. Ambos os bairros foram construídos ao abrigo do Plano de Melhoramentos para a Cidade do Porto 1956-66.





(Perspectiva da Rua de Vidago - Fotografia de Júlio Silva - out´17)



Já agora, os nossos vizinhos de Pedras Salgadas também têm a sua marca numa perpendicular à rua de Vidago!


(Fotografia de Júlio Silva - out´17)




Um abraço e até breve, com ou sem, curiosidades...

sábado, 14 de outubro de 2017

Igreja Nossa Sra. da Conceição

Aqui será a Casa do Senhor...







(imagens do livro "Álbum das Termas, Assírio & Alvim - 2003")





A proposta aceite para a construção da Igreja foi a de António Almeida, empreiteiro local, pela importância de 15.900$00. 




Um abraço e até breve...

segunda-feira, 9 de outubro de 2017

9 de Outubro - Dia Mundial dos Correios

Hoje, celebra-se o dia mundial dos Correios!

A data internacional dos correios celebra-se no dia 9 de Outubro, devido a ter sido neste dia que, em 1874, aquando da assinatura do Tratado de Berna, as administrações postais criaram a União Postal Universal, começando a maior rede de distribuição física do mundo. 
Portugal é um dos 22 países membros fundadores da União Postal Universal.

A celebração em Portugal está a cargo do Instituto das Comunicações de Portugal e dos CTT - Correios de Portugal, que organizam diferentes actividades todos os anos.


Não nos podemos esquecer que foi inaugurada em 1875, em Vidago, uma delegação do correio e telégrafo.

Exemplos de carimbos e selos, retirados da minha colecção de bilhetes postais, colocados por antigos funcionários dos CTT de Vidago.




(Carimbo dos correios de Vidago sobre selo de 10 réis - 28/08/1910)




(Carimbo dos correios de Vidago sobre selo de 1 centavo - 18/12/1917)



(Carimbo dos correios de Vidago sobre selo de 50 centavos - 14/09/1966)




Um abraço e até breve...