domingo, 27 de dezembro de 2009

"Los Jinetes del Alba" - 1990

Los Jinetes del Alba (Os cavaleiros do amanhecer) foi uma série de cinco episódios, produzida pela TVE-Televisão Espanhola, com direcção de Vicente Aranda, baseada numa novela do escritor Jesús Fernand Santos.

As filmagens começaram a 7 de Setembro de 1989 e prolongaram-se durante cinco meses. Os episódios foram filmados nas Astúrias, Madrid e Vidago, mais precisamente na Estação da CP e no Vidago Palace Hotel. Sei que houve muita gente de Vidago e arredores que participou nestas filmagens como figurante, por isso dedico este post a todos eles.


Estas três fotografias foram-me oferecidas pelo Exmo. Sr. Germano Santos, o meu muito obrigado.

Para aqueles que querem ver os cinco episódios e saber mais sobre esta série, basta ir a: http://www.rtve.es/television/jinetes-alba/

E bons serões…

terça-feira, 15 de dezembro de 2009

Ponte Velha - 1909

(Bilhete postal da edição de Germano A. Costa - Vidago)

A Ponte Velha é a ponte que fica situada perto da Escola Agrícola. Neste postal podemos ver mulheres a lavarem as suas roupas no riacho, sim porque nesse tempo eram chamadas lavadeiras e não máquinas de lavar roupa!

Sem dúvida, um belo postal que nos faz recuar 100 anos nos costumes das gentes de Vidago.

domingo, 6 de dezembro de 2009

Feliz Natal!

(contra-capa da Revista Panorama-1958)


Natal, é para ser todos os dias.
Nos nossos corações, nas nossas mentes.
O Natal não está nos presentes, está na ajuda ao próximo e na compreensão.É dar-mos as mãos e sentirmo-nos irmãos.
Quando isto acontece, é Natal!

Um grande abraço para todos,

Júlio Silva

terça-feira, 1 de dezembro de 2009

Ementas com publicidade às Águas de Vidago

Estas 4 ementas com publicidade às Águas de Vidago foram elaboradas na empresa gráfica "Bolhão - Porto" e todas expiram o "Luxo" daquela época. Como nenhuma tem data não posso precisar o ano mas parecem ser dos anos 50 do século passado.


(Águas de Vidago, o prazer à sua mesa!)




Estas bonitas ementas foram oferecidas pelo meu amigo, Carlos Caria. Os meus sinceros agradecimentos.

domingo, 29 de novembro de 2009

1ª Feira da Moeda de Trás-os-Montes - Vidago

Estávamos em 24 de Março de 1973 quando se realizou no Vidago Palace Hotel a 1ª feira da Moeda de Trás-os-Montes. Para quem não sabe, esta feira foi organizada pelo, já falecido, Manuel Queiroz Ribeiro, que foi Presidente da Comissão de Turismo do Alto Tâmega. Esta medalha é de bronze mas também foram cunhadas algumas em prata.



E agora o verso...


(O Vidago Palace Hotel em toda a sua grandeza e esplendor!)

Esta medalha foi-me oferecida pelo meu amigo Carlos Caria, a quem agradeço com um forte abraço.

segunda-feira, 23 de novembro de 2009

Ruas de Vidago - Parte III

Bem, depois da "festa do 1º aniversário deste blog" volto ao trabalho! Hoje publico mais 3 bilhetes postais de ruas de Vidago...


Avenida Teixeira de Sousa

(Bilhete postal da edição de Augusto Rodrigues - Vidago)

Rua do Olmo

(Bilhte postal da edição de Germano Augusto Costa - Vidago)


Rua Alves Teixeira

(Bilhete postal da edição "casa de Fasendas e mercearia de António Fraga" - Vidago)

terça-feira, 17 de novembro de 2009

"Meu Vidago" - 1º Aniversário

O blog “Meu Vidago” comemora hoje o seu 1º Aniversário, é verdade!

Ao longo deste ano foram publicados mais 50 posts, mais de 7.000 visitantes, de 56 países, vários email´s enviados e foram colocados mais de 70 comentários. Estes dados podem parecer reduzidos mas para mim superou todas as expectativas!

Quero agradecer a todas as pessoas que visitaram o blog, que comentaram, que enviaram mensagens de apoio e que contribuíram, com as suas ofertas, para o aumento da minha colecção sobre Vidago.

Vou continuar, dentro da minha disponibilidade, a divulgar postais e documentos da minha colecção, e tenho a certeza que daqui a um ano estaremos a comemorar o 2º aniversário deste pequeno blog sobre esta grande vila, que é Vidago.

A todos o meu muito obrigado!

E agora, para recordar, algumas imagens deste blog, em 2 minutos!

video

Um forte abraço,

Júlio Silva

quinta-feira, 12 de novembro de 2009

Vidago Palace Hotel re-inaugura no seu centenário

Fechado temporariamente para obras de remodelação, o Vidago Palace Hotel vai ser inaugurado em Outubro de 2010, por ocasião da comemoração dos 100 anos de existência da estância termal de Vidago.

O novo hotel, com intervenção ao nível da requalificação arquitectónica de Álvaro Siza Vieira, vai contar com um novo Spa que, segundo Joana Queiroz Ribeiro, directora de pessoas e comunicação da Unicer, “terá na água mineral de Vidago o seu atributo diferenciador”. A reconstrução do campo de golfe Mackenzie Ross, que passará para 18 buracos, e a elevação à categoria de cinco estrelas, com os seus 70 quartos, vai recuperar “o ‘glamour’ que tinha há um século, mas agora adaptado às expectativas dos clientes dos dias de hoje”, descreve a responsável.

“Preservar o conceito original do hotel e toda a sua arquitectura emblemática, de época” foi a prioridade da Unicer, destaca Joana Queiroz Ribeiro, assim como o enquadramento paisagístico da unidade hoteleira. Este hotel centenário está dotado “das melhores e mais modernas infra-estruturas, e está ancorado nas valências que o parque, como um todo, oferece”, desde o spa; campo de golfe, ao ‘club house’, “edifício recuperado do primeiro engarrafamento da Água Vidago”; ao centro de conferências que disponibiliza um auditório para 260 pessoas; e a uma “nova oferta cultural que resulta da parceria celebrada com a Fundação de Serralves”, enumera.
Não sendo o ‘core business’ da Unicer, esta procurou um parceiro para a gestão da unidade hoteleira, a G.L.A. Hotels, “uma multinacional muito focada em hotéis de luxo e que seguramente alavancará a internacionalização do Parque Vidago”. A directora de pessoas e comunicação da empresa explica que “após a entrega da gestão do hotel à GLA, a Unicer continuará detentora daquele espaço e de toda a estrutura de negócio, delegando a gestão operacional na G.L.A., com quem serão definidos parâmetros de performance e relação”. Direccionado a um segmento alto, nacional e internacional, a Unicer prevê que o Parque Vidago e respectivo hotel contribuam para o desenvolvimento económico-social da região de Trás-os-Montes , Douro e Alto Minho.

Esta requalificação integra-se no projecto Aquanattur, que também abrange a remodelação do Parque das Pedras Salgadas, também propriedade do grupo Unicer, e representa um investimento global de 70 milhões de euros.

Fonte: www.rhturismo.net - 11/11/2009

Escola Primária de Vidago

Algumas pessoas têm me perguntado, via email, se tenho fotografias ou postais antigos da escola primária, actualmente escola do 1º ciclo. Neste momento, já tenho uma fotografia tirada não muito tempo depois da sua inauguração.

(Escola primária de Vidago, +/- 1972)

terça-feira, 10 de novembro de 2009

Ruas de Vidago - Parte II


Actual Estrada Nacional nº 2, sentido Chaves - Vila Real. Ao fundo, do lado direito, podemos ver o Grande Hotel de Vidago. Hoje, estes 3 pinheiros mansos deram lugar ao Edifício Campilho.

Aqui nesta imagem estamos em cima da ponte sobre o rio Oura, ao fundo vê-se algumas casas da então aldeia de Vidago. Esta imagem data de 1907.


Rua General Sousa Machado, também em 1907.

Estas imagens foram retiradas da revista "Ilustração Portugueza" - 1907

terça-feira, 3 de novembro de 2009

Ruas de Vidago - Parte I

(Rua de Cima)




(Rua Estrada)

Estes dois bilhetes postais são do tempo da Monarquia, isto é antes de 1910. No primeiro podemos ver o mau estado da rua (terra) e uma criança com um menino ao colo e com o cântaro de água à cabeça. Tudo isto, felizmente, já faz parte da história!

O segundo, Rua Estrada, o nome da rua era este porque antes de 1910 a estrada que ligava Vila Real a Chaves chamava-se "Estrada Real nº 5", hoje Estrada Nacional nº 2. Ao fundo pode-se ver o Grande Hotel de Vidago, assim como outras casas bem conhecidas e que ainda se mantêm, praticamente, iguais.

Antes de acabar, quero agradecer ao meu amigo António Rodrigues pela oferta do bilhete postal da Rua de Cima, muito obrigado!

quinta-feira, 29 de outubro de 2009

Agendas - Brindes de "Águas de Vidago"

Hoje trago-vos imagens de duas agendas, uma de 1958 e outra de 1959, que nesta época funcionavam como brindes da empresa "Águas de Vidago". Ambas são de dimensões reduzidas e com capas muito bonitas como poderão verificar pelas frentes e versos das agendas.
(Brinde "Águas de Vidago" - Gráfica Bolhão Porto - 90.000 ex. Dez. 1957)


(Brinde "Águas de Vidago" - Gráfica Bolhão Porto - 90.000 ex. Dez. 1958)

Esta última agenda foi-me, gentilmente, oferecida pelo meu amigo Carlos Caria. A ele o meu muito obrigado.

domingo, 18 de outubro de 2009

Águas da Fonte Campilho




Breve história da Água Campilho:

Joaquim dos Santos e Silva procedeu à análise desta nascente em 1884. No seu relatório faz a descrição da nascente, do processo seguido para a análise química e junta um texto do médico Raymundo da Silva Mota sobre as qualidades terapêuticas desta água. Este clínico a propósito da comercialização das águas minerais portuguesas fez o seguinte comentário: “Difícil seria encontrar numa farmácia portuguesa uma água mineral do nosso País, mas era vulgar encontrarem-se diversas águas estrangeiras, mais ou menos apregoada pela moda, ou recomendadas pelas suas virtudes. “ (Cit. Acciaiuoli, 1944, IV,90).

A descrição das nascentes e da sua exploração em “Águas e Termas Portuguesas” (1918), era a seguinte: “São diversas as nascentes, diversas as denominações especiais e diversas a s empresas que exploram as águas de Vidago. Uma destas nascentes é a de Campilho, na quinta de Revolar, da freguesia de Arcossó, pertencente ao concelho de Chaves. Esta nascente foi descoberta por acaso em 1882, pelo Sr. Augusto Morais Campilho, ao tempo dono da quinta aludida, de cujo apelido saiu a denominação da água, a qual todavia só começou a ser explorada em 1897 pelo Sr. Cândido Sotto-Mayor, que a seu tempo adquiriu a quinta e a nascente, mandando ali construir uma esmerada e luxuosa edificação que assenta sobre a própria fonte.

A família Sotto-Mayor é oriunda desta região, a água de Campilho foi o seu primeiro interesse por águas minerais, mais tarde tentaram a exploração das Caldas de Chaves, em 1912, com um projecto de uma construção termal, e em 1948 quando conseguiu mesmo a concessão destas caldas, construído a buvete ainda existente e um balneário provisório, essa concessão seria readquirida pela Câmara de Chaves em 1962. Campilho foi a única nascente que se conservou ligada ao grupo representado pelo Banco Pinto e Sotto Mayor.

No final da década de 90 (séc.XX) as Águas de Campilho passaram para Sociedade das Águas de Pisões Moura, S.A., e depois para a Nestlé Waters Portugal. Posteriormente este grupo foi adquirido pela Água Fastio, S.A., actual exploradora desta nascente.

Uma antiga garrafa da Campilho:
(garrafa pirogravada de 1951)
Rótulo e autocolante:

(Rótulo de garrafa de 250 cm3)

(Água Campilho - Levíssima)

Laranjada de Vidago:



Em tempos existiu uma laranjada "Laranjada de Vidago" a qual era fabricada na Fonte Campilho, pela empresa Refrigerantes Vidago, Lda.. Muitos de vocês se recordaram desta laranjada, eu, pessoalmente, só sei da sua existência através de pessoas mais velhas e através desta linda garrafa.

(garrafa da extinta "Laranjada de Vidago" - ano +/- 1940)

domingo, 11 de outubro de 2009

O Mar em Casablanca - Francisco José Viegas

Hoje não venho com "coisas" antigas de Vidago mas sim com o último romance de Francisco José Viegas, O Mar em Casablanca, lançado no passado dia 8 de Outubro. A primeira parte da acção de O Mar em Casablanca decorre no Porto, seguindo-se Vidago. É verdade, Vidago!

Aqui fica a capa do livro...

Editor: Porto Editora - Colecção: MARCA D'ÁGUA - Páginas: 240 - Classificação: Romance

E agora o link do blog deste livro clique aqui . Neste post poderão ver 3 imagens do Vidago Palace Hotel e alguns trechos deste romance.

Já esgotou a primeira edição de 7.500 exemplares, parabéns!

quinta-feira, 8 de outubro de 2009

O saudoso "Texas" - anos 30

Hoje volto ao tema, o saudoso "Texas". Não sei, ao certo, de que ano é este postal da Foto Alves (Chaves) mas deverá ser dos anos 30 do século passado.
Agora vou comprar o bilhete que ainda apanho o comboio!

(E mais uma viagem para Vila Real...boa viagem!)

terça-feira, 6 de outubro de 2009

O saudoso "Texas" - 1970/1977

Aqui ficam algumas fotografias do saudoso "Texas" a passar por e próximo de Vidago. Já sei que muitos de vocês ao verem estas fotos vão sentir a mesma saudade que eu sinto...

("Texas" a chegar à Ponte Seca vindo de Chaves - 1970)


("Texas" à saída de Vidago - 1974)

("Texas" estacionado na estação de Vidago - 1974)

("Texas" a passar em Vidago sobre o rio Oura - 1977)

sexta-feira, 2 de outubro de 2009

Calendários de Bolso da VM&PS - 1971

Hoje com a introdução de novos instrumentos no nosso quotidiano, tais como telemóveis, PDA, agendas electrónicas, o calendário de bolso, praticamente, deixou de fazer parte das nossas carteiras ou bolsos. Antes destes aparelhos surgirem, no início dos anos, era costume a malta andar atrás daqueles que, geralmente, arranjavam calendários. Agora, já nem fazem parte das campanhas políticas, bancos, seguradoras, etc… são uma espécie em vias de extinção!

Em 1971, a VM&PS edita esta colecção de 4 postais.

(campo de golf)


(correios da estância)

(piscina do Vidago Palace Hotel)

(pavilhão do golf)

Esta colecção foi-me, gentilmente, oferecida pelo Sr. Horácio Ferreira a quem desejo as maiores felicidades.

sexta-feira, 11 de setembro de 2009

Pensão Santos

Hoje, o meu post é sobre a antiga Pensão Santos da qual todos se recordarão, pois ainda não há muitos anos que encerrou às suas portas.
A construção desta pensão iniciou-se por volta de 1954/5 e ficou concluída em 1957. O seu fundador, António José Ferreira dos Santos, não era natural de Vidago mas sim de Alfena (Valongo). A sua localização era óptima, ficava em frente à estação da CP e a poucos metros das termas.

(bilhete postal da edição Lifer - Porto)

(Label, gentilmente, oferecido pela família Santos)

Em baixo, trata-se de um bilhete postal que servia para comunicar aos clientes o preço das diárias.


Acho interessante as frases publicitárias, "Pensão Santos a melhor casa recomendada" e "Serviço de Bom Hotel, com óptima alimentação".

Verso...

(bilhete postal, gentilmente, oferecido pela família Santos)

domingo, 6 de setembro de 2009

João Vieira - 1934-2009

João Vieira
Morreu ontem, aos 74 anos, o pintor João Vieira, que conheci pessoalmente. Pai do músico Manuel João Vieira e conhecido como fundador do grupo KWY, a que pertenceram artistas plásticos como René Bertholo, Christo, Jan Voss ou José Escada.

Nascido em Vidago, concelho de Chaves, a 4 de Outubro de 1934, estudou pintura na Escola Superior de Belas Artes, Lisboa, mas não foi além dos dois primeiros anos, desistindo do curso para prosseguir uma carreira promissora. Frequentou o Café Gelo, politicamente conotado com a oposição ao regime de Salazar e frequentado por artistas do movimento Surrealista.

Em 1957 partiu para Paris com uma bolsa da Gulbenkian para estudar pintura sob a orientação de Arpad Szènes, marido da portuguesa Maria Helena Vieira da Silva. Ligado ao teatro (na década de 60 trabalhou como cenógrafo).

João Vieira realizou inúmeras exposições individuais e preparava, na sua casa em Anelhe, uma exposição retrospectiva para a Cordoaria Nacional. Não resistiu a uma operação ao coração e morreu ontem, em Lisboa, no Hospital de Santa Marta.

João Vieira foi, durante alguns anos, Presidente da ARCA (associação recreativa e cultural de Anelhe). Em Setembro de 2008 durante as comemorações dos 50 anos de sacerdócio do Padre Arnaldo, pároco desta freguesia foi preparado um espectáculo teatral encenado por Fernando Mora Ramos, da companhia Teatro da Rainha. A peça “O Soldado Vigilante”, baseada no texto de Cervantes, conta a história de um soldado e de um sacristão auxiliar da paróquia que disputam o amor da mesma mulher, uma empregada numa casa da terra. Este espectáculo, exibido ao ar livre, contou com a participação de João Vieira na cenografia e nos adereços e do filho, Manuel João Vieira, na música. Aqui fica a reportagem da SIC para recordarmos...

Obrigado João Vieira

terça-feira, 1 de setembro de 2009

Jornadas de Golf em Vidago - 1964

Em 1964, entre os dias 10 e 14 de Junho, realizaram-se no campo de Golf de Vidago umas jornadas de Golf organizadas pela Federação Portuguesa de Golf e pela VM&PS.

(desdobrável elaborado na gráfica Bolhão-Porto em Maio de 1964-500 exemplares)
Este desdobrável foi enviado a vários golfistas com todas as informações necessárias destas jornadas. O preço da inscrição, por dia, era de 20 escudos, excepto no Sábado que era de 30 escudos. Cada dia de prova era atribuída uma taça ao melhor jogador, sendo assim a Taça "Vidago", Taça "Comissão Regional de Turismo de Chaves", Taça "Romanas", Taça"Salus", Taça "Vinho do Porto" e Taça "Pedras Salgadas". O hotel de "serviço" foi o Hotel Golf com diárias a preços especiais para golfistas e familiares, sendo estes entre os 229,10$ e os 305,40$ (casal) e 130,10$ e os 180,00$ (single).
Sobre este campo de Golf falarei num posterior post.
Quero agradecer ao Sr. Horácio Ferreira a oferta deste documento aquando da minha exposição em Vidago, no passado mês de Agosto.

sábado, 29 de agosto de 2009

Marcha de Vidago-1948

A Marcha de Vidago, da autoria do Pe. Adolfo de Magalhães e música de Carlos Emídio Pereira, foi executada pela primeira vez nas festas de N. Sra. da Saúde, em 1 de Agosto de 1948.

Da letra da Marcha aqui fica o coro:

Ai, ó Vidago.
"Vichy Portuguesa,"
Cheia de beleza,
Termas sem rival:
Ai, ó Vidago.
Linda fada moura
Da "Ribeira d´Oura"
És a capital.

(foto tirada à entrada do Palace Hotel em 1948)

Este bilhete postal foi-me, gentilmente, oferecido por D. Aldora (esposa do "14"). Esta senhora encontra-se na 1ª fila e é a 1ª da direita do grupo.

Rancho Folclórico de Vidago

O Rancho Folclórico de Vidago foi fundado, em 1947, por Virgilina Oliveira (Virgilina Pópulo) e seu marido José de Oliveira mas só durou até 1951.

Em 18 de Setembro de 1949 este Rancho ganhou o 1º prémio nas festas de N. Sra. das Graças (Chaves).

(Bilhete postal - editor: Alf. Bocage-Rua Garrett, 48-Lisboa)

sexta-feira, 7 de agosto de 2009

Exposição Temática sobre "Vidago" - Reportagem ATTV

Aqui fica a reportagem da AltotamegaTV realizada no dia da inauguração desta exposição. Quero agradecer a toda a equipa da ATTV por ter aceite o convite e o meu muito obrigado a todos os visitantes.

video

AltotamegaTV em http://www.altotamegatv.com/

terça-feira, 28 de julho de 2009

Exposição Temática sobre "Vidago" - Divulgação

No fim de semana passado lá fomos colocar a faixa em frente à Galeria de Arte "Maria Priscila". Como poderão ver na foto abaixo, o anúncio à exposição ficou bastante bem!

Notícia publicada na edição de 31/07/2009, do Jornal A Voz de Chaves: Clique aqui para ver a notícia!

Notícia publicada na edição de 24/07/2009, do Semanário Transmontano:Clique aqui para ver a notícia!

Pequena nota publicada na edição de 20/07/2009, do Jornal de Notícias:

Sempre que haja novidades sobre a divulgação da exposição, este post será actualizado.

Não se esqueça...a inauguração é já na 5ª feira, às 20H30!

terça-feira, 14 de julho de 2009

Exposição Temática sobre "Vidago"

Entre os dias 30 de Julho e 7 de Agosto, poderá visitar na Galeria de Arte “Maria Priscila” da Casa de Cultura de Vidago, a exposição temática sobre “Vidago”, da minha autoria.

Nesta exposição serão exibidos os meus postais antigos, livros e outros documentos sobre a vila e termas de Vidago.

(o meu muito obrigado ao meu cunhado Vitor pela concepção do cartaz)

A exposição estará patente todos os dias até 7 de Agosto, no horário das 20H30 às 22H30. A entrada é livre.

Organização: Casa de Cultura de Vidago
Galeria de Arte "Maria Priscila": Rua do Santuário Nº 2 - 5425-335 Vidago
Contactos: Júlio Silva – 966579110 (Vidago@iol.pt)
CCV: ccvidago@gmail.com

domingo, 5 de julho de 2009

Ponte sobre o Tâmega - 1912

Esta ponte, inaugurada em 1885, faz parte da estrada nacional nº 311 que liga Vidago a Boticas.

Em 1893 o percurso entre Vidago e este recanto era percorrido de carruagem, em 20 minutos, e o preço era de 1.200 réis, ida e volta. Nesta altura, a ponte fazia parte da projectada estrada para Boticas, cuja construção terminava pouco depois dela.

Este passeio encantador era, com razão, o predilecto dos frequentadores das termas.

(Bilhete postal da edição de Germano A. Costa - Vidago)

Este bilhete postal foi escrito em 14 de Setembro de 1912 e enviado de Vidago para Felgueiras. Custo do selo 1 cêntavo.